Antes e depois: exemplos reais de visualização de dados repaginados com o Prezi

O CEO da Puffingston e especialista da Prezi, Luke Goetting, fez um webinar onde reconstruiu dados visuais sem graça em um prezi rico em conteúdo.

A visualização de dados é feita para guiar o público pela apresentação e atrai-los para os detalhes. Nesta postagem, vamos recapitular algumas das dicas de Luke para utilizar a visualização de dados e ir de algo sem graça à riqueza de conteúdo.

Assimile aos poucos.

 

Antes: Assimilar um conjunto de dados visuais pode ser confuso e difícil, se não houver diferenças claras a se observar. No exemplo acima, é difícil ver o que está sendo comparado porque o quadro está muito sobrecarregado.

Depois: Ao incorporar apenas 2 ou 3 cores diferentes, as categorias ficam fáceis de identificar. Os dados são fragmentados em diferentes quadros. Luke usou movimento para mostrar a relação entre os diferentes elementos de informação. Isso ajuda o público a entender o que é mais importante e facilita a assimilação.

Alguém quer “para viagem”?

 

Antes: Este exemplo demonstra a importância de como os números se relacionam uns com os outros em um grande grupo de dados. O exemplo “antes” não inclui qualquer tipo de visualização que explique como as partes separadas se encaixam no todo. Sem direcionar as diferentes conclusões, as quais você deseja que o público chegue, esta abordagem pode ser inútil.

 Depois: O exemplo “depois” esclarece a divisão da seleção delegada como uma unidade inteira, e também utiliza o recurso de zoom do Prezi para se aprofundar nos detalhes de cada seção do gráfico. A roda de dados e os gráficos de pizza de numeração única fornecem informações no contexto mais amplo da apresentação, permitindo ao público ver as estatísticas que se relacionam umas com as outras.

 

Antes: Sejamos sinceros – a atenção de todos se vira para os maiores números apresentados nos dados. Este exemplo é sobre priorização de dados. Não espere que o público saiba quais são os números mais importantes no gráfico. No exemplo “antes”, os dados não são diferenciados, por isso, a informação, na qual o apresentador quer que o público se concentre, não está clara

Depois: No exemplo “depois”, os três números mais importantes ficam em destaque, e os outros dados são exibidos abaixo, em tamanho um pouco menor. Com a divisão de cada categoria, detalhes discretos e algumas informações básicas, esses layouts oferecem clareza de informação.

Suporte mútuo.

Antes: Quando você tem poucos dados e não sabe como estruturá-los, o público se perde facilmente. Apresentar dados com elementos visuais concisos ajuda sua mensagem a ser focada e fácil de memorizar. O exemplo “depois” é apenas a apresentação de quatro slides divergentes – não há mensagem central a ser passada para o público.

Depois: Porém, com ajustes estratégicos, os gráficos podem ser minimizados em um único quadro com uma mensagem concisa. No exemplo “antes”, Luke transforma os dados em uma única história. Com o Prezi, ele destaca certos elementos ao fazer o zoom neles – e desfaz o zoom para mostrar a visão geral e as principais conclusões para o público. Este exemplo, também utiliza o zoom e o congelamento do Prezi para destacar os elementos individuais dos dados do todo. Ao invés de empilhar a apresentação com vários slides de gráficos e visualizações agrupadas (como visto no exemplo acima), a visualização de dados deve ser clara e concisa.

Se você quiser ver as dicas de Luke em ação, assista à gravação completa (em inglês.)

 

Confira nosso próximo webinar

Reserve seu lugar