Como ser autêntico e se manter fiel a Sua Marca

 

Quem você disse que é mesmo?

Todas as oficinas de estratégia e posicionamento de marca que eu já vi até agora sempre começam com esta imagem:

Nós sabemos quem nós somos

Frequentemente eu faço esta simples pergunta -você sabe quem você é?- Mas raramente recebo uma resposta simples. Muitas vezes as pessoas acreditam que quem eles dizem que são é a mesma coisa de quem realmente eles são, mas é o inverso; quem você realmente é, deve determinar quem você diz ser, ou o que sua marca é.

Aqui está a fonte dessa confusão:

Este é quem realmente somos = Cultura da empresa

Isto é o que dizemos que somos = MARCA

As pessoas muitas vezes pensam que quem dizem que são – mensagens, websites e campanhas publicitárias -que é MARCA, é quem eles realmente são, que é a CULTURA.

Nós todos já sabemos desde Peter Drucker que “a cultura devora a estratégia no café da manhã”. Mas de fato, o que acontece é que petisca a marca durante todo o dia.

No mundo transparente, hiper-conectado de hoje, nós não acreditamos mais nas mensagens de vendas ou imagem externas das marcas inventadas pelas empresas, a menos que isso pareça autêntico.

Por que isso é importante? Quando se trata de apresentações, a autenticidade é tudo. As pessoas hoje estão antenadas, a procura de evidências de falta de sinceridade, falsidade e contradição, e quando eles percebem isso, a confiança desaparece num piscar de olhos. As pessoas normalmente sabem quando você está falando a verdade, especialmente quando você está apresentando algo a eles em nome de sua empresa.

Quando você está apresentando, você é a imagem da sua empresa para o seu público. Quem você realmente é, e o que você acredita – refletido por suas palavras, expressão e energia – dever estar alinhado com o que sua empresa está tentando dizer. Seu público não vai acreditar em suas mensagens de marketing se você não acreditar no que você mesmo está dizendo.

A chave para ganhar a confiança do seu público está em ser autêntico – ser fiel a quem você realmente é. Observe como Tim Cook fez isso durante o lançamento do iPhone 6. Sua apresentação refletiu os valores sólidos, o trabalho duro, sem extravagância que ele parece personificar enquanto se manteve alinhando a mensagem global da Apple.

William Shakespeare sabia uma coisa ou outra sobre a importância da autenticidade. Ele acertou na mosca quando há muito tempo atrás ele escreveu:

(Tradução: Saiba quem você é o que você representa, e não abra mão disso. Uma vez que você entende isso, você não pode ser falso com mais ninguém.)

Quinhentos anos depois, as palavras de Shakespeare são mais verdadeiras do que nunca, especialmente quando se trata de negócios.

O relatório 2014 das marcas mais verdadeiras 2014 Authentic Brands report, um estudo realizado por Cohn & Wolfe, descreveu o que as pessoas buscam nas marcas mais autênticas ao redor do mundo:

Ter uma comunicação honesta sobre seus produtos e serviços;

Chame a atenção tornando sua apresentação mais interativa

Ser claro e verdadeiro sobre o que realmente acreditam;

Se posicionar por algo mais do que apenas fazer dinheiro – ter um propósito;

Tendo uma história relevante e envolvente.

Então, como você pode demonstrar este tipo de autenticidade ao fazer um pitch de vendas ou uma apresentação para um grande cliente? Siga essas dicas e você vai conquistar o seu público e seus consumidores:

Olhe para as coisas reais, não os mitos corporativos. (Tweet isto!)

Não continue cegamente perpetuando o faz-de-conta. Procure as mensagens que ressoam para você. Estas existem em todas as empresas.

Construa sobre seus valores. (Tweet isto!)

Pergunte a si mesmo sobre o significado maior de seu trabalho – por que você vai trabalhar todos os dias, independente do fato de ser pago para isso, o que te deixa orgulhoso. É aí que os seus valores estão e quando eles estão alinhados com os valores da empresa não te faltará argumento.

Se ligue no PPP- Proposta, Paixão e Princípios. (Tweet isto!)

As pessoas percebem se você conhece e acredita no propósito de sua empresa. Eles sabem se você é apaixonado por seu trabalho e eles podem sentir se você e sua empresa possui um conjunto claro de princípios. Procure por evidências de que a sua empresa cobre os três Ps e fale sobre isso.

Descubra e conte histórias da sua empresas que são importantes para você. (Tweet isto!)

Conhecer e ser capaz de contar histórias do que a sua empresa representa para você. Contar histórias é uma ótima maneira de mostrar o seu sistema de crenças, e isso lhe permite passar as mensagens de sua empresa de uma forma mais pessoal.

Fale como você mesmo. (Tweet isto!)

Ser autêntico significa não se afastar muito da maneira que você normalmente fala e da maneira como você se expressa, não importa o que você está dizendo. A diversidade é um valor da maioria das boas marcas hoje; isso significa que você pode ser você mesmo e se manter na marca por definição.

Faça o teste da mesa da cozinha (Tweet isto!)

Pergunte a si mesmo se você ficaria satisfeito em falar, mostrar e fazer o que faz em suas apresentações se você estivesse conversando com seus amigos e familiares ao redor da mesa da cozinha. Se houver alguma incompatibilidade, revise o seu conteúdo.

A boa notícia é que, quando você fala a sua verdade e permanece fiel a sua marca com todo o seu coração, o público vai perceber isso em segundos- ouvir pessoas que realmente sabem quem são é simplesmente um presente raro para todos nós.

Susan Fisher é um estrategista de comunicação. Ela trabalha com empresas globais de alta tecnologia em consultoria e coaching no ponto de interceção da tecnologia, meios de comunicação, criatividade e comunicação

Saiba mais sobre Prezi para seu negócio

Experimente Prezi gratuitamente