Os Tipos de Apresentadores

Estar em público não é uma tarefa simples. Temos que ser um pouco atores, um pouco técnicos e muito atraentes – no sentido magnético da palavra. Um bom apresentador é alguém direto, articulado, que consegue passar sua mensagem de forma objetiva e ser lembrado pela audiência como alguém inspirador. Achou muito complicado? Não é. Com um pouco de treino e muita calma é fácil aprender a se comportar diante do público.

Mas qual tipo de apresentador você NÃO deve ser? Fizemos uma lista com alguns perfis que podemos encontrar facilmente no mundo corporativo, nas universidades e até mesmo no universo online.

Vamos dar uma olhada?

O ESPALHAFATOSO

Se preocupa mais com a imagem pessoal e com o estilo que com o conteúdo. Mexe no cabelo, arruma a gravata, checa o sorriso e não se atenta para o mais importante: o conteúdo a ser passado. O show é ele próprio, sua beleza, perfume e atitude. Falha em passar conceitos importantes e técnicos.

O TÍMIDO

Fala em voz baixa e possui uma linguagem corporal fechada. Não faz contato visual com a audiência. Está mais preocupado com aquilo que estão pensando sobre ele com com o conteúdo que precisa passar.

O EGOCÊNTRICO

Ao contrário do tímido, gosta de ser o centro das atenções, mas acaba se tornando cansativo. Gosta de se mostrar, e seus exemplos de vida são sempre os mais corretos, gosta de seduzir com a oratória mas acaba falhando por tentar encantar de mais e instruir de menos.

Chame a atenção tornando sua apresentação mais interativa

O HIPNOTIZADOR

É lento demais na articulação e desenvolvimento do discurso. Tem um tom de voz sereno, relaxado e passa as ideias tão lentamente que se torna entediante. Acaba hipontizando seus espectadores e levando-os para um outro local – bem longe do assunto a ser tratado.

O ERUDITO

Preocupa-se em utilizar termos técnicos e linguagem culta. É tão ultrapassado no modo de expor suas ideias que ninguém compreende a mensagem que está ele está tentando passar. Não se adapta ao nível de entendimento do público e acaba se transformando em uma pessoa arrogante sem perceber, pois não gera uma conexão com a plateia.

O VERBORRÁGICO

É aquele que mistura os assuntos, fala rápido e sem parar. Repete termos, volta aos conceitos anteriores e não tem nenhuma linearidade de pensamento. Esse tipo de apresentador não parece se preocupar com o entendimento da plateia ao mesmo tempo que a questiona sem parar numa tentativa desenfreada de chamar a atenção.

O DESPREPARADO

No começo, já fala sobre o fim. Não desperta curiosidade na plateia de forma progressiva e acredita que por ser profundo conhecedor do assunto, não precisa se preparar. Não prepara um Prezi com antecedência, nem faz anotações. Desconhece as técnicas de comunicação, do poder de síntese e expõe sua desorganização para a audiência.

Se identificou com um desses tipos ou já encontrou com eles por aí? Temos certeza que sim! Mais importante que tentar parecer algo para sua audiência é passar seus conceitos de forma clara. Nossa dica é planeje seu conteúdo, tente manter a calma e siga tópicos que, de forma lúdica, façam com que a plateia acompanhe seu pensamento. Falar em público é muito mais fácil quando tentamos ensinar – e aprender – com as respostas da nossa plateia.

Saiba mais sobre Prezi para seu negócio

Experimente Prezi gratuitamente