Domine a arte de se tornar “indistraível”

Com mais organizações adotando modelos de trabalho híbridos (e escolas fazendo algo semelhante ao aprendizado combinado), é mais importante do que nunca se tornar “indistraível”. Esse é o termo cunhado por Nir Eyal, autor e palestrante de best-seller do Wall Street Journal, para descrever o estado de foco livre de distrações que todos devem se esforçar para alcançar. Continue lendo para ver a série do Prezi Video de Nir explicando como evitar distrações, bem como vídeos sobre como aplicar seu modelo ao seu trabalho e vida pessoal.

O processo de quatro etapas para se tornar indistraível

Assuma o controle de seus gatilhos internos

Embora muitas pessoas gostem de culpar fatores externos (como notificações por telefone e desktop) por sua distração, a verdade é que a maioria das distrações começa de dentro. O primeiro passo para nos tornarmos indistraíveis é entender como e por que nos distraímos em primeiro lugar.

Nir aponta para o fato de que “gerenciamento de tempo” é na verdade “gerenciamento de dor” – tentamos escapar do desconforto das tarefas que temos que fazer, o que resulta em nos voltarmos para distrações externas. Assista ao primeiro vídeo de Nir para aprender como identificar e gerenciar esses gatilhos internos:

Arranje tempo para tração

Depois de dominar esses gatilhos internos, você pode começar a encontrar maneiras de ser produtivo com seu tempo. No entanto, é um equívoco comum que o oposto de distração deva ser focado no resultado. Nir explica que as listas de tarefas são armadilhas porque sempre haverá mais coisas a fazer – essa lista interminável só nos levará a eventualmente procurar distrações.

Em vez disso, devemos nos concentrar no controle das entradas e na condução da “tração”. Pergunte a si mesmo o que as distrações em sua vida estão realmente distraindo você e canalize seu tempo e foco para as coisas verdadeiramente valiosas em sua vida. Descubra mais na parte dois:

Hack de gatilhos externos

Como mencionado anteriormente, os gatilhos externos muitas vezes são culpados como a fonte de distração, mas nem sempre são prejudiciais. Nir esclarece que o principal é descobrir se esses gatilhos externos estão servindo a você ou se é o contrário. No terceiro vídeo do Prezi de Nir, você aprenderá como estar atento quando se trata de gatilhos externos, como o layout do seu escritório, e-mails, chats em grupo, reuniões, computadores desktop, smartphones e muito mais.

Use pactos para evitar distrações

Chame a atenção tornando sua apresentação mais interativa

Depois de dominar as três primeiras partes do modelo indistraível de Nir, ele sugere o uso de pactos como o “firewall” final na prevenção da distração. O primeiro pacto é um pacto de esforço, em que você torna os comportamentos indesejados mais difíceis de realizar, como usar um aplicativo para limitar a quantidade de tempo que você gasta em tecnologia.

Você também pode tentar usar um pacto de preços, onde adiciona um custo para se distrair. Isso pode vir na forma de recompensa financeira ou punição por atingir (ou não) seus objetivos. Por fim, ele sugere um pacto de identidade, onde você se define de uma certa forma para moldar suas ações. Saiba mais sobre esses pactos em seu vídeo:

Aplicando o modelo indistraível a todos os aspectos de sua vida

Seu local de trabalho

As pessoas passam muito tempo trabalhando, então não é surpresa que seu ambiente de trabalho possa ter impactos significativos em sua saúde mental. Locais de trabalho com grandes expectativas e baixo controle podem levar a sintomas de depressão e ansiedade, e isso remete ao sentimento de que gerenciamento de tempo é gerenciamento de dor. Ter uma cultura corporativa que valorize discussões abertas, por exemplo, pode levar a uma melhor moral e menos distrações. Saiba mais no vídeo do Prezi de Nir:

Seus filhos

Adultos que se distraem facilmente já foram crianças que se distraem facilmente, e Nir enfatiza a importância de desenvolver hábitos indistraíveis nas crianças. É fácil apontar o dedo para a tecnologia como a principal fonte de distração, mas isso é apenas uma desculpa conveniente. As crianças precisam aprender a encontrar tempo para o que é importante para elas, e os pais devem evitar se tornarem eles próprios gatilhos externos. Saiba mais no vídeo de Nir:

Seus relacionamentos

A distração não é apenas prejudicial à sua produtividade no trabalho, mas também à saúde de seus relacionamentos. Ficar distraído em situações sociais pode nos impedir de estar totalmente presentes, e Nir recomenda bloquear a propagação de comportamentos não saudáveis, como verificar o telefone. No vídeo final de sua série, ele compartilha algumas dicas para aplicar seu modelo aos seus relacionamentos pessoais:

Quando você está trabalhando em casa, você é o único que pode controlar sua produtividade e foco. Use a série de vídeos de Nir para melhorar a maneira como você gerencia seu tempo e se tornar verdadeiramente indistraível. Quer ainda mais dicas? Confira outros Prezi videos em nossa Galeria.

Saiba mais sobre Prezi para seu negócio

Experimente Prezi gratuitamente